sábado, 2 de setembro de 2017

TRABALHO - LIBERDADE - INFORMÁTICA


Prezados. Este texto de 2013 achei bem interessante. 

Faço público novamente, respeitando sua respectiva fonte.


Notícia-Trabalho e Liberdade na era da Informática em Rede

O trabalho, apesar de na maioria das vezes o considerarmos algo indesejado, talvez, em parte, pela limitada opção de escolha quanto a horários, local e a atividade em si, ainda é o único meio pelo qual buscamos os subsídios para suprir as nossas necessidades.

Na história da humanidade não houve um só momento em que o homem não precisou trabalhar a fim de garantir o seu sustento, mesmo em épocas remotas em que o trabalho se resumia na caça e na coleta. 

Podemos deduzir, sem demandar um grande esforço intelectual, que o trabalho sempre existiu e, muito provavelmente, por força de necessidade, ele continuará existindo, queiramos ou não, no entanto, podemos discutir a respeito das transformações por que passou no decorrer do tempo, em especial, algumas daquelas transformações provocadas pela chegada da informática.

A informática, apesar de já estar presente em algumas empresas ainda na década de 70, e consolidar sua importância dentro destas, sobretudo na década de 80, se popularizou e se difundiu pelo mundo graças às possibilidades evidenciadas pela criação da Rede Mundial de Computadores, disponibilizada e adaptada para uso civil, com mais vigor, a partir da década de 90 do século XX.

Dentro do pacote de transformações que a informática em rede nos trouxe, a fim de delimitarmos o tema, podemos citar o trabalho como sendo um dos aspectos mais relevantes, uma vez que, a exemplo do que foi dito anteriormente, se trata do meio pelo qual o homem busca suprir suas necessidades, muito embora o concebamos como um meio penoso. Em virtude disto é que procuramos nos livrar do trabalho a fim de ganhar tempo para gastarmos com atividades prazerosas, ou até mesmo para, apenas, não fazer nada, exercitando, assim, o mais pleno e verdadeiro estado de liberdade.

Mas, apesar de todos os aspectos positivos que a era da informática em rede, aliada aos demais inventos tecnológicos, nos disponibilizaram, como por exemplo, a possibilidade de nos comunicarmos com quem a gente ama em tempo real seja lá qual for a distância ou, então, podermos acessar o conhecimento a cerca de qualquer assunto a qualquer hora, será que a liberdade no trabalho foi conquistada ou, ao menos, se cogita que um dia isso venha a ser possível? Para ser sincero, devo dizer que não vejo diferença nos dias atuais, àqueles compreendidos no momento histórico que se convencionou chamar de Revolução Industrial, onde as pessoas se sujeitavam a longas jornadas de trabalho, restando-lhes apenas parcos momentos de descanso, momentos esses de total alienação das suas vontades, haja vista o desgaste sofrido pelos seus corpos.

A diferença é que hoje em dia, em plena era da informação, tudo ficou mais abstrato, sendo por isso, mais difícil estabelecer e delimitar as horas em que nos encontramos em efetivo desempenho de funções laborais, pois, na maioria das vezes, quando o trabalho acaba formalmente, na verdade, continuamos trabalhando ainda quando, aparentemente, nos encontramos no período de descanso, pois, segundo dogmas insistentemente proferidos aos nossos ouvidos, muitas vezes como mantras, devemos nos antecipar na solução dos problemas, devemos ser eficientes, devemos nos capacitar, não podemos ficar para traz e etc...., tudo em conformidade com a doutrina capitalista vigente.

Tempo para exercermos nossa liberdade? Acredito que menor, se comparado ao tempo que dispunham os infelizes trabalhadores do período da revolução industrial, uma vez que estes disponibilizavam seus corpos, que tinham capacidades de exploração bastante evidentes, mas o que dizer da abstração do desgaste mental provocado pelo excesso de horas trabalhadas e não devidamente contabilizadas nos dias de hoje? Se no passado o capitalismo nos exigiu o corpo, atualmente ele tende a nos exigir o corpo e a mente, nos sobrando ainda menos tempo para exercermos nossa condição de humanos sedentos por mais tempo para si e menos para o trabalho.


http://www.egov.ufsc.br/portal/conteudo/not%C3%ADcia-trabalho-e-liberdade-na-era-da-inform%C3%A1tica-em-rede

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

SUBSTITUA SEU DISCO RÍGIDO POR UM DISCO SSD! SE JÁ O FEZ, VERIFIQUE A VIDA ÚTIL DO SEU DISCO SSD.


Muito boa a reportagem publicada no site da UOL - Olhar Digital "Quanto tempo de vida tem o seu SSD? Descubra agora." (fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/quanto-tempo-o-seu-ssd-ainda-tem-de-vida-descubra-agora/65923). Verifique o tempo de vida do seu disco SSD.

Cita a reportagem: "SSDs estão se tornando mais acessíveis e mais populares, o que é bom para todo mundo. Embora a tecnologia provavelmente nunca vá custar o mesmo do que um HD com o mesmo espaço, o ganho de desempenho pode compensar para muitas pessoas. Além disso, sempre há a opção de usar um SSD pequeno só para instalar o Windows e guardar volumes maiores de dados em um HD convencional.

Só há um problema: o SSD tem uma vida útil pré-determinada, ao contrário do que é verificado nos HDs. Existe um limite sobre quantas operações de gravação e leitura podem ser feitas antes de o componente estragar e precisar ser trocado.

A boa notícia é que é muito difícil para uma pessoa normal alcançar o limite com a tecnologia atual, e as restrições praticamente só se aplicam a empresas, com seus servidores e data centers, que forçam demais a memória flash e acabam causando seu desgaste precoce."
Já é muito comum computadores mais antigos que necessitam de uma "turbinada" no quesito velocidade, a assessoria recomenda a troca de disco rígido para o padrão SSD. Eles são mais rápidos e turbinam o seu computador deixando-o muito mais rápido. Não interessando o sistema operacional!

Consulte uma empresa ou um técnico de sua confiança, faça os backups (cópia de segurança) dos seus dados regularmente e siga todas as orientações de segurança e otimização disponíveis.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Congresso de TI - 5ª edição



De 6 a 9 de Dezembro de 2016, você poderá assistir a mais de 30 palestras totalmente gratuitas e online de diversas áreas como Desenvolvimento, Infra-estrutura, Cloud, Segurança e muito mais. Boa oportunidade na renovação de conhecimento.


quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Como respondem os principais aparelhos smartphones do mercado?


A Agência de Energia Dinamarquesa realizou um estudo acerca da capacidade de transmissão de banda de sinal GSM 900 dos principais aparelhos Smartfones de diversas marcas. 


Para analisar os resultados surpreendentes (positivos e negativos) da pesquisa clique aqui.


Antes de comprar e gastar muito, verifique esta pesquisa.


(Fonte: UOL)

sábado, 3 de setembro de 2016

Atenção!!!


Em abril deste ano a Anatel suspendeu as mudanças na banda larga fixa e proibiu que empresas com mais de 50 mil assinantes reduzem a velocidade de transmissão de dados, suspensão do serviço e cobrança de tráfego excedente após o esgotamento da franquia de banda larga fixa, mesmo que tais medidas constem do contrato ou do plano de serviço.


Veja o publicado!!!



A Medida cautelar da Anatel proíbe prestadoras de reduzir a velocidade, suspender o serviço ou cobrar pelo tráfego excedente nos casos em que os consumidores utilizarem toda a franquia contratada. Ainda que tais ações estejam previstas em contrato de adesão ou plano de serviço ela não poderá fazê-las.

TELAS LCD X LED


LCD
O monitor LCD é formado por uma tela de cristal líquido iluminada por trás (backlight) por uma lâmpada CCFL (fluorescente), que emite luz branca e que ilumina as células de cores primárias (verde vermelha e azul). 

Vantagens:
  • Ideal para salas iluminadas: por ter uma imagem mais opaca que a LED, devido a película sobre o cristal líquido, o monitor emite menos luz e diminui o efeito da iluminação ambiente sobre os olhos. 
  • Ideal para imagens estáticas: como as de filmes e jogos de computador mais lentos e para leitura e produção de textos muito longos. 
  • Preço mais baixo: um pouco inferior ao dos monitores LED.
Desvantagens:
  • Imagem opaca e translúcida: o que dá menos brilho à imagem. 
  • Menor definição de cores: como a imagem é mais opaca, as cores são menos reais. 
  • Oscilação de brilho: devido a emissão de luz das lâmpadas CCFL oscilarem, o brilho da imagem também não se mantém muito estável durante toda a transmissão. 
  • Uso de mercúrio. 
  • Maior gasto de energia. 
  • Mais espessas: devido as lâmpadas CCFL, que são maiores que as LED. 
Já um monitor LED tem aparência e funcionamento muito parecido ao do monitor LCD, a principal diferença é o tipo de lâmpada usada no backlight (fundo do monitor) para gerar as imagens. As imagens são geradas a partir da iluminação de diodos de luz (as lâmpadas LED), que não levam mercúrio em sua composição.

Vantagens:
  • Cores mais vivas e puras: como o cristal líquido filtra melhor esse tipo de luz a definição das cores é melhor. 
  • Não há perda de brilho: como a lâmpada de LED não oscila a emissão de luz, o brilho se mantém por igual. Isso também possibilita uma regulagem de luz mais precisa. 
  • Não há alteração de cores durante a transmissão: como o brilho não oscila e as cores são bem definidas, não a mudanças dos tons reais da cor, nem mudanças da cor de uma mesma imagem na transição de cenas. 
  • Não usam mercúrio: diferente das lâmpadas CCFL usadas no monitor LCD, as LED não usam mercúrio. Uma garantia de não poluição do solo ou das águas no futuro. 
  • Podem ser mais finos que os LCD: algumas chegam a 3 cm de espessura. 
  • Baixo nível de consumo de energia: até 40% menor que um LCD. 
Desvantagens:
  • Preço mais elevado: não chega a ser uma desvantagem de fato, já que a economia de energia como tempo acaba compensando a diferença no valor. 
Com essas dicas, escolha qual monitor se encaixa ao seu perfil e divirta-se com seu computador, fixo ou móvel. 

sábado, 30 de julho de 2016

Cansado de pagar caro pelo Office?

Acesse os principais serviços de computação na nuvem. Ou, se preferir, clique no ícone (link) abaixo do respectivo programa.








sexta-feira, 29 de julho de 2016

Atenção!!!



NORMAS PARA TRABALHO EM POSTURA SENTADA

Na postura sentada, há alto grau de estabilidade do equilíbrio do corpo, indicada para longos períodos de trabalho, possibilidade de evitar posições forçadas do corpo, consumo de energia reduzido, alívio da circulação sanguínea, facilidade de precisão e uso de ambos os pés para controles, possibilita grande aplicação de força ou movimentação dos controles pedais.

É indicada para o trabalho fino e com tarefas visuais de exatidão, para trabalho de precisão em indústria, para a escrita ou para trabalho industrial leve, trabalho manual pesado, ou medianamente pesado, como o embalar. Porém O campo de visão é limitado e pode haver dificuldade para alcançar dispositivos de controle manual. Portanto, nesta posição, é necessário que se sigam estas recomendaões:
  • deve-se evitar permanecer prolongadamente na posição sentada;
  • deve garantir ângulo com tronco- coxa entre 100 a 110°;
  • deve-se proporcionar ângulo em torno de 90 a 120° entre as coxas e pernas;
  • os braços na posição vertical devem alinhar-se ao tronco, formando um ângulo de 90° a 110° com os antebraços;
  • deve-se garantir espaço suficiente sob a mesa para as pernas;
  • os pés devem estar apoiados no chão e/ou superfície de apoio, sem flexão forçada das pernas;
  • a cadeira,  a mesa e acessórios devem ser ajustáveis às características antropométricas, anatômicas e às tarefas desenvolvidas. 


Fonte: 
SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE
COORDENAÇÃO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE
GERÊNCIA DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL
SUB GERÊNCIA DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR



quinta-feira, 28 de julho de 2016

Por que?


"Se a Microsoft, também com sede fora do país, consegue colaborar, por que o Facebook não pode fazer o mesmo? Fica muito claro que há uma política da empresa em não cooperar com as autoridades. Isso não favorece ninguém, muito menos os usuários que usam a ferramenta para o bem. Sai ganhando apenas aqueles que querem praticar crimes de forma livre e segura."


Procurador da República Alexandre Jabur